Reportar reação adversa a medicamentos

Reportar reação adversa a medicamentos

Na Lundbeck, reconhecemos a nossa responsabilidade para com as pessoas que dependem dos nossos produtos e conhecimento para gerirem a sua doença. O ato de reportar potenciais reações adversas a medicamentos por profissionais da saúde e doentes é importante para avaliarmos continuamente os benefícios e riscos dos nossos produtos e agirmos proactivamente consoante se justifique.

Quando recebemos um relatório de uma potencial reação adversa a medicamentos, aquele será introduzido na base de dados de segurança da Lundbeck e avaliado por uma equipa de médicos, enfermeiros e farmacêuticos. Caso exista alguma ambiguidade ou informação omissa no relatório, estamos obrigados a contactar o relator para obter informações adicionais. Se o relatório for recebido de um doente, solicitaremos autorização para contactar o médico do doente para confirmar a informação fornecida e, possivelmente, também para solicitar informações adicionais relevantes para avaliarmos o caso.
Os relatórios sobre reações adversas a medicamentos serão comunicados como casos individuais às autoridades da saúde mundiais e serão também incluídos em relatórios cumulativos de acordo com a legislação e os requisitos do país. Além disso, serão incluídos na monitorização contínua para detetar novos sinais que nos ajudarão a identificar potenciais novos riscos associados aos nossos produtos. A informação dos doentes e outros dados pessoais reportados à Lundbeck serão processados de forma anónima, em conformidade com as atuais leis da proteção de dados.
Se experienciar uma potencial reação adversa a um medicamento, contacte o seu médico.

Se pretender reportar uma reação adversa a um medicamento diretamente à Lundbeck, pode utilizar o formulário de contacto online. 

Tenha em atenção que poderemos contactá-lo no seguimento das informações fornecidas.

Se preferir contactar um colaborador da Lundbeck no seu próprio país, pode procurar o número de telefone das afiliadas da Lundbeck.